terça-feira, 24 de julho de 2012

Forças atuando em conjunto (:

 Depois de conhecer melhor a força peso, a força elástica,a força centrípeta, de atito e o plano inclinado, podem haver questões em sua prova em que apareçam juntas, mas como já temos uma idéia básica de como calcular cada uma, podemos sim, tentar resolvê-las. Abaixo, darei alguns exemplos de situações como essas para você não ser pego de surpresa !

  • Corpos em contato
Quando uma força é aplicada à corpos em contato existem "pares ação-reação" de forças que atuam entre eles e que se anulam.
:
Podemos fazer os cálculos neste caso, imaginando:



A primeira fórmula é referente ao bloco A, representa a força resultante menos a força de contato na direção direita, exercida pelo bloco A ao bloco B, e que é igual a massa do bloco A multiplicado pela aceleração. Ja a segunda fórmula representa a do bloco B, onde o primeiro item significa a força de contato entre o bloco B ao bloco A que é na direção esquerda que é igualada a massa do bloco B multiplicado pela a aceleração. Como as força de contato são em direção diferentes, elas tendem a se anular, ficando só a fórmula F=( Ma + Mb) .a .

Sendo e , e que a força aplicada ao sistema é de 24N, qual é a instensidade da força que atua entre os dois blocos?

    --->  Calcula-se primeiro o valor da aceleração

         ---> Depois, já com o valor da aceleração, calcula-se a força resultante .

  • Corpos ligados por um fio ideal
Um fio ideal é caracterizado por ter massa desprezível, ser inextensível e flexível, ou seja, é capaz de transmitir totalmente a força aplicada nele de uma extremidade à outra, sem qualquer perda de energia.



Como o fio ideal tem capacidade de transmitir integralmente a força aplicada em sua extremidade, podemos tratar o sistema como se os corpos estivessem encostados:

A primeira equação representa as forças emitidas pelo bloco A, ou seja, o primeiro item representa a força resultante subtraída pela tração (o sinal de menos representa direção contrária)  igualada a sua massa multiplicada por sua aceleração. A segunda equação representa as força do bloco B, que significa o valor da tração será igual a massa de B multiplicada por sua aceleração. Assim como o primeiro item, as forças de tração são em direções opostas por isso, anula-se a tração das duas equações resultando em uma nova equação : F= (Ma+Mb).a 
A tração no fio será calculada atráves da relação feita acima, logo em seguida com a expressão:T= Mb.a assim como na questão anterior.

Aluna : Jacqueline Oliveira Freitas

3 comentários:

  1. achei bastante interessanto, um jeito legal de tratar o assunto

    ResponderExcluir
  2. entendi agooooora , AMÉM

    ResponderExcluir